“Quem lê poesia, vive menos cansado das coisas bruscas da vida.” – opinião – «Os livros das nossas vidas»

 “Afinal, o modo correcto de ler é o que satisfaz a nossa necessidade. A leitura apressada, lenta ou cuidadosa, depende dos nossos objectivos. Escreveu Francis Bacon: «alguns livros são para ser degustados, outros engolidos e outros ainda mastigados».” Pequeno, conciso e variado assim é este «Os livros das nossas vidas». Um compêndio generoso de diversas…