Quem matou Palomino Molero? – Mario Vargas Llosa

capa_3Na escrita forte e despudorada que tão bem o carateriza, Mario Vargas Llosa faz-nos o relato da morte violenta de Palomino Molero, que ocorre no hermético mundo militar.

A violência atravessa este livro como um fio condutor. Da violência física à violência psicológica. O baque causado pela primeira página, em que nos é descrita pormenorizadamente a forma como é encontrado o corpo de Palomino, o ascendente do general Mindreau sobre a sua filha Alicita…

Passo a passo vamos acompanhando a investigação do guarda Lituma, personagem conhecida de Llosa, e do tenente Silva. E em simultâneo acompanhamos a paixão do tenente pela ‘gorda’ dona da tasca, dona Adriana.

Conhecendo a escrita crua e direta de Vargas Llosa e o seu estilo sabemos de antemão que nos serão apresentados todos os pormenores da história, os seus porquês. Livros com princípio, meio e fim, o que não implica uma linha de narração cronológica.

Mais uma fabulosa obra deste autor que aconselho e em que vamos desvendando tudo o que se passou através de uma rica panóplia de personagens.

Um livro que é uma forte crítica ao sistema militar, o ‘peixe graúdo’ intocável.

 

Excertos

“(…) É outra coisa que tens que aprender. Não há nada fácil, Lituma. As verdades que pareciam mais verdades, se lhes dás muitas voltas, se as observas de perto, só são meias verdades ou deixam de o ser.” (p. 99)

“(…) Também os aviadores me surpreenderam. Ao fim e ao cabo eram seus colegas. Há, em todos, um fundo bestial. Cultos ou incultos, todos. (…)” (p. 147)

 

Sinopse

– Filhusdumagrandessíssima – balbuciou Lituma, sentindo que ia vomitar. – Como te deixaram, franzino. O rapaz estava ao mesmo tempo enforcado e espetado numa velha alfarrobeira, em posição tão absurda que mais parecia um espantalho ou um Rei Momo escarranchado do que um cadáver.» Pode um morto ser o personagem central de um romance? Se o tenente Silva e o guarda Lituma são personagens essenciais da investigação que procura desvendar o que se esconde por detrás da estranha morte de um jovem aviador, é sobre a figura do inocente Palomino que se desenvolve toda a trama. Mario Vargas Llosa apresenta em Quem Matou Palomino Molero? um surpreendente e inesperado registo policial que prende o leitor tanto pela originalidade estilística como pelo próprio enredo arrebatador e imprevisível.

 

Leya, 2017

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s