“Biografia do Língua” de Mário Lúcio Sousa

biografia-do-lingua

 

 

 

“Face à emoção que desperta em nós um rosto, uma melodia, uma sequência de palavras, todas as explicações cessam, porque o que se sente é, é assim e é inexplicável.”

Héctor Abad Faciolince in “Os Dias de Davanzati”

Escolhi a citação acima por encontrar nesta frase de Faciolince a tradução perfeita das impressões de leitura deste fabuloso “Biografia do Língua”. Ainda agora, passados alguns meses, permanece uma certa relutância motivada pela certeza de que nada do que possa aqui ser dito será capaz de fazer justiça ao livro. Por isso hesitei, e relutante continuo, em escrever sobre esta maravilhosa fábula utópica criada por Mário Lúcio Sousa. Que me lembre (embora possa estar completamente errada) os livros do género utópico nunca foram tantos nem tão aclamados quanto as distopias. Estas, desde “Nós” de Zamiatine e “Admirável Mundo Novo” de Huxley, passando pelo incontornável “1984” de Orwell, permanecem até hoje um género literário imensamente apreciado, onde destaco, actualmente, as obras de Margaret Atwood e, em língua portuguesa, as de Sandro William Junqueira. Talvez seja mais difícil escrever utopias, talvez seja mais complicado fazê-lo sem deslizar para uma narrativa piegas ou entediante. Não sei… O que sei é que li “Biografia do Língua” com um prazer imenso, deleitando-me a cada passo com uma certa calidez e um certo optimismo nas palavras, algo comum a outros autores lusófonos de África que já li. Mais do que um romance sobre um homem, incomum pelos seus dotes linguísticos e pela sua longevidade, esta é uma fábula deliciosa sobre a arte de contar histórias, sobre o poder destas para criar um mundo diferente, mais acolhedor, mais humano, onde a nossa face obscura parece ter sido relegada para segundo plano, embora se mantenha sempre à  espreita.  Apesar do seu tom optimista, este romance compele o leitor a reflectir sobre questões importantes como a escravatura, a liberdade e a educação bem como sobre as mais literárias de todas, o amor e a morte e fá-lo sem nunca se tornar maçador ou lamechas.

Há livros assim, têm tudo: uma capa lindíssima, um enredo imaginativo e interessante e uma escrita bela, aqui e ali eivada de um certo tom de brincadeira. Deixem-se levar pelas histórias das vidas de Esteban, o Língua, e do condenado à morte, o narrador e, atrevo-me a antever, não se arrependerão.

Os excertos abaixo são apenas algumas das minhas partes favoritas, não conseguem reflectir cabalmente toda a riqueza do livro.

Sinopse: O narrador deste romance é um condenado à morte a quem é concedido um último desejo; e o que escolhe é contar uma história, mais precisamente a da vida do Língua, um escravo que falou aos sete meses de idade e teve direito a biografia encomendada pelo rei de Portugal. Dá-se então um verdadeiro milagre: não só a história parece não ter fim, porque a vida do Língua está recheada de episódios em que os detalhes são de extrema importância, como começa a juntar-se cada vez mais gente para a ouvir – são às centenas os que todos os dias chegam à falésia de armas e bagagens, filhos, mulas, araras e macaquinhos, dispostos a fazer do lugar a sua casa só para não perderem pitada do relato. E, enquanto o narrador vai ganhando anos no cadafalso parindo magia, é toda uma comunidade que se vai criando em torno da maravilha de contar histórias, passando a língua a ordenar o tempo em vez do relógio.

Inspirado na vida de um homem, talvez o único que viveu o colonialismo, a abolição da escravatura, a guerra da independência, a independência, a ocupação, o capitalismo, o imperialismo e o comunismo, sucessivamente e num mesmo lugar, Biografia do Língua é uma homenagem às pequenas histórias que nos salvam da penosa realidade.

Excertos:

Excerto_1 Excerto_2 Excerto_4 Excerto_5 Exerto_3

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s