A Mão de Fátima – Ildefonso Falcones

 

amaodefatima

Este livro foi uma grande e boa surpresa. Comprei “A Mão de Fátima” há três anos, porque uma amiga que me conhece muito bem me disse que ia adorar, que era a minha cara – um romance histórico e ainda por cima religioso! Fiz-me ao livro cheia de vontade mas rapidamente comecei a lentinficar, a não conseguir progredir. Há muitos nomes. Algumas personagens têm nome cristão e nome muçulmano o que não facilita e chega mesmo a criar um efeito lista telefónica – demasiadas personagens e pouca acção. 

Porém, e tendo em conta de quem vinha a recomendação, insisti, uma e outra vez e eis que depois do pequeno pântano cheguei a uma planície de bom chão e temperatura amena. Passada a fase inicial, “A Mão de Fátima” revela-se um romance daqueles que queremos devorar para saber o fim da história. As reviravoltas na história de Hernando e Fátima empurram-nos para a frente, página após página, para descobrir qual será, afinal, o seu destino. E quando achamos que a história já não pode virar outra vez (a favor, ou contra), o autor dá-nos a volta e faz-nos ficar mais uma noite sem dormi para descobrir o que se passa. 

Pessoalmente, aprendi muito sobre as guerras religiosas no Sul da Península e fiquei com muita vontade de saber mais. 

Foi a minha primeira leitura de Ildefonso Falcones e gostei bastante da escrita, embora a tradução, sobre tudo no último terço, possa ser bastante melhorada até porque tem algumas gralhas.

Vale muito a pena! Se alguém parou na fase inicial, pelos mesmos motivos que eu, não desistam, vão ser recompensados!

Sinopse

“A história de um jovem dividido entre duas religiões e dois amores, em busca da sua liberdade e da do seu povo, na Andaluzia do séc. XVI.
1568. Depois de derrotados por Isabel, a Católica, a comunidade muçulmana andaluza sobrevive com muitas dificuldades, sob a constante repressão dos Cristãos, mas depressa o descontentamento dá lugar a uma sanguinária revolta.
Entre os revoltosos encontra-se Hernando, um jovem desprezado pelo seu próprio povo e maltratado por Brahim, o seu padrasto. Dotado de uma extraordinária habilidade para lidar com animais, Hernando salva a vida ao filho de uma jovem belíssima, Fátima. Dividido entre a fé que lhe foi incutida e as atrocidades que vê serem cometidas em nome de Alá, o seu coração impele-o a ajudar um nobre cristão, obtendo a sua eterna gratidão.
Porém, a sua coragem e honestidade também lhe granjeiam alguns inimigos, sobretudo o seu cruel padrasto que, aproveitando-se da morte do rei, consegue condenar Hernando à escravatura e desposar a bela Fátima, o grande amor do enteado. Brahim, na qualidade de lugartenente do novo monarca, parece inatacável, e Hernando parece condenado à desgraça…”

Bertrand Editora, 2010

Advertisements

Um pensamento sobre “A Mão de Fátima – Ildefonso Falcones

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s