O Sentido do Fim de Julian Barnes

osentidodofimEste livro chamou-me a atenção não por ter ganho o Man Booker Prize (embora me tenha levado a manter o autor debaixo de olho) mas pela belíssima capa original, já que havia tropeçado num vídeo em que mostrava a evolução do conceito gráfico para o design final. De resto, pouco ou nada sabia mas convenci o meu irmão a oferecer-mo num dos últimos natais e, apesar de saber que havia quem não tinha ficado impressionada, tentei não desanimar com as opiniões menos boas.

Apesar de o protagonista não me ter cativado, acho mesmo que não chegou a aprender nada com tudo aquilo porque passou, achei a escrita belíssima e com ponderações nas quais me revi um pouco. Adorei as reflexões sobre a memória, como apercebemos as nossas ações e a de outros, como tudo acaba por ser percebido de forma diferente, uma vez que não somos imparciais e, claro está, tentamos contar uma história em que somos o bom da fita, em que se há algo a apontar, a culpa é dos outros, que nos magoaram, que não fizeram o que achamos que deveriam ter feito não correspondendo às nossas expetativas.

Também foi interessante perceber como os nossos atos bem pensados ou não, podem ter influência e mudar a vida das outras pessoas, acabando por ter uma mão no destino das mesmas.

Enfim, não direi que merece ou não o prémio que ganhou, até porque não sei com que livros competia (chego sempre tarde à festa, já que não sou muito de ler as novidades nos anos em que são editados), mas é sem dúvida uma história que convida o leitor a ponderar sobre o seu passado e atitudes e penso que só por isso vale a pena. Além de que a escrita é realmente belíssima e se já tinha curiosidade em conhecer a obra do autor depois de ter lido entrevistas suas e perceber sobre o que é que escreve, ainda com mais vontade fiquei de devorar as suas restantes obras.

Anúncios

2 pensamentos sobre “O Sentido do Fim de Julian Barnes

    • Ora essa, é sempre um prazer dar a conhecer coisas. E ainda sobre capas, também aconselho ver este. Como as capas acabam por ter um primeiro efeito sobre mim, geralmente são elas que me levam a pegar num livro e a querer saber mais sobre ele, acabo por ser fascinada pelo que leva a que escolham aquele grafismo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s