O Tempo Morto É Um Bom Lugar – Manuel Jorge Marmelo

O Tempo Morto É Um Bom Lugar Manuel Jorge MarmeloTenho sentido dificuldade em escrever sobre este livro. Penso que não é só a minha preguiça natural a limitar-me, é algum receio em não valorizar o suficiente este tempo morto lido com tanto prazer.

O livro apresenta os sentires e reflexões de Herculano Vermelho, jornalista desempregado, desligado das obrigações mundanas, em paz na prisão pelo possível (nunca confirmado) homicídio de Soraia Évora, uma estrela televisiva de ascensão súbita após a participação num reality show. Herculano estava incumbido de elaborar a autobiografia da rapariga e mantinha com ela uma relação íntima.

A primeira parte é rica em recordações de Herculano da vida anterior à detenção e narra as rotinas e vivências na cadeia. Herculano tem poucos remorsos em relação ao passado, partilha lembranças soltas, divaga em torno de Soraia e do projecto de escrita da sua autobiografia. Cria histórias à margem da história principal (concebe um personagem-escritor que inventa Tristão, preso sem nunca saber porque está enclausurado, num processo gelado e meio kafkiano). Tem dúvidas sobre a morte da rapariga, recordando-se apenas de despertar com Soraia, já sem vida, na sua cama.  Aceita a hipótese de a ter assassinado e perante a tranquilidade e o bem-estar que sente na prisão, não dá qualquer hipótese ao seu advogado de defesa para o ajudar, assumindo a preferência em manter-se entre grades.
A autobiografia de Soraia Évora, escrita após a sua morte por autor incerto, retrata uma infância e adolescência pobres e culturalmente frágeis. A participação no programa de televisão é vista como uma oportunidade única para a rapariga dar uma reviravolta à sua vida… e, uma vez que existem outros segredos para além do homicídio, entra ainda em cena João António Abelha, um jornalista rude, mas experiente e perspicaz, que vai tentar compreender algumas incoerências de toda a história.
A escrita deste bom lugar é poderosa e grave, de uma clareza e simplicidade imensas. É um livro carregado de pormenores irónicos, acutilantes e críticos à sociedade actual, sem ser demasiado explícito e banal.
Só para terminar, fiquei com a sensação que o primeiro capítulo é tão fascinante que a própria autobiografia e a investigação do jornalista Abelha ficam envergonhados por aparecerem a seguir e não brilham tanto. Mas é só uma sensação…
Algumas citações aleatórias:
“A liberdade que é oferecida a quem está lá fora deixou de me interessar e nem sequer é liberdade. O exterior do estabelecimento prisional está cheio de cercas, gaiolas e grades invisíveis, mentais, mais concretas e constrangedoras do que as barras de aço que há nas janelas da cela.”
“(…) a breve companhia que a gata me fazia no percurso até à paragem do autocarro, caminhando ao meu lado com a cauda negra erguida e vaidosa. Às vezes, repentinamente, fazia um sprint e adiantava-se-me um pouco, parando mais à frente para fazer as suas felinas necessidades básicas diante da agência bancária ou da repartição de finanças, procedendo nisto, parecia-me, com um critério admirável.”
“(…) dispus-me a continuar a aproveitar a doce vida que o sistema penitenciário nacional proporciona aos detidos, muito bem sintetizada por um dirigente sindical que apareceu nos noticiários da televisão a justificar mais uma greve dos agentes prisionais. Isto só não rebenta porque as condições lá fora não são agradáveis e os reclusos sabem disso, dizia.”
“As montras das livrarias que ainda não faliram têm estado carregadas de exemplares da autobiografia de Soraia Évora (…) A curiosidade do público tem sido espicaçada e alimentada por uma sequência de casos e de pequenos mistérios, suscitando deste modo a atenção permanente não só da imprensa especializada em mexericos mas também dos jornais generalistas e dos noticiários da televisão.”
Anúncios

2 pensamentos sobre “O Tempo Morto É Um Bom Lugar – Manuel Jorge Marmelo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s