Morte nas Trevas de Pedro Garcia Rosado

Este é, sem dúvida, o melhor livro desta série de Pedro Rosado. Supera os anteriores em acção, suspense e cenas violentas, que são muito explicitamente descritas pelo autor, como acontece nos dois livros anteriores onde Gabriel Ponte é o protagonista.

Mas, embora melhor, há que começar a leitura pelo Morte con Vista para o Mar seguido de Morte na Arena pois há toda uma história pessoal de Gabrial Ponte que necessita ser conhecida e aprofundada pelo leitor para que pequenos pormenores sejam degustados com um maior prazer. No entanto, o autor vai fazendo pequenas referências, durante a obra, ao passado do ex-inspector que servem para um leitor que não leu a obra anterior se situar.

O facto de existirem duas investigações paralelas, que confluem no final, traz ao enredo uma vivacidade muito própria que me encantou e me prendeu: o desaparecimento de uma jovem, investigado pelo inspector reformado e a morte de um relojoeiro, investigado por Joel Branco, ainda no activo. Gabriel investiga um pouco à margem da lei, vendo-se confontado com situações e atitudes que o podem colocar como “fora-da-lei”. As suas dúvidas são, a dado momento do livro, também as nossas: “Qual a melhor forma de agir? Será o assassinato de um criminoso um mal menor, ao qual se deve fechar os olhos?”

Já no final somos confontados com a morte do ex-inspector, facto que nos atinge com a mesma violência com que são descritas algumas cenas do texto, povoadas de horror e muito arrepiantes. Será mesmo possível ter terminado assim? Dei comigo a devorar as páginas finais com o intuito de satisfazer essa pergunta! Morreu mesmo?!!!

Espero com ansiedade um novo livro! Quero acreditar que o autor está a dedicar o seu tempo a esta série e que em breve tenhamos entre nós outro livro com Gabriel Ponte como protagonista!

Terminado em 7 de Setembro de 2014

Estrelas: 5*

Sinopse

Gabriel Ponte está finalmente decidido a dedicar-se à investigação privada, pondo fim à inatividade a que uma reforma antecipada da Polícia Judiciária o condenou.

O seu primeiro trabalho como detetive particular consiste em encontrar duas mulheres desaparecidas em Portugal, a pedido de um homem e de uma mulher de origem romena, antigos agentes da Securitate, a polícia política do ditador Ceausescu.

A sua investigação vai conduzi-lo a um confronto com um industrial romeno que cria porcos numa zona rural do concelho de Caldas da Rainha, e que esconde, afinal, segredos hediondos. À medida que avança neste caso, que vai pôr em risco a vida da sua própria família, Gabriel Ponte recebe a ajuda inesperada de um ex–oficial do KGB e das forças especiais russas, ao mesmo tempo que se torna o alvo da atenção de um inspetor da PJ, obcecado pela justiça.

 

Anúncios

3 pensamentos sobre “Morte nas Trevas de Pedro Garcia Rosado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s