Metamorfose à Beira do Céu – Mathias Malzieu

Screen Shot 2014-09-11 at 23.16.48Monsieur Malzieu o nosso relacionamento termina aqui. É a segunda oportunidade que lhe dou, primeiro com “A Mecânica do Coração” e agora com este “Metamorfose”. Não me volta a enganar com capas bonitas e promessas de histórias fantásticas.

Não me cativou. Achei a escrita desigual, tanto parece uma história fofinha como faz uma paródia tão grande das situações que parece que o autor está a gozar com os personagens.
Não acreditei na história de amor entre a médica/pássara e o acrobata, Tom “Hematoma” Cloudman. Só quem nunca esteve dentro de um galinheiro consegue achar um aviário um ninho de amor sexy.
O menino-lua é claramente um golpe baixo, para nos adoçar o coração e puxar ao sentimento.
O meu parágrafo preferido, é completamente irrelevante na história e poderia ter sido eliminado do livro que ninguém dava por isso:
“Durante esta epopeia em caixão sobre rodas, apaixonei-me pelos livros. Expliquei a um casalinho, que acabava de me oferecer uma obra, até que ponto aquela partilha do imaginário íntimo me comovia. Comecei a receber cada vez mais livros. Como me faltava espaço e não tinha coragem de os abandonar, decidi alimentar a corrente. Assim que terminava um, escrevia o que pensava na página em branco que vinha a seguir ao final do texto, precedido desta nota: “Se encontrar este livro, leia-o e, quando o acabar, escreva as suas impressões, juntamente com a data e o lugar onde o descobriu. Depois, coloque-o num local de passagem, bem à vista.” Alguns desses livros apanharam o comboio, outros chuva. Alguns andaram perdidos durante muito tempo, outros viveram uma história de amor. Um deles voltou inclusive para as minhas mãos, anotado sete vezes.”

Cris agradeço a troca. Não mudou a minha opinião mas concordo contigo em relação à tradução.

Anúncios

3 pensamentos sobre “Metamorfose à Beira do Céu – Mathias Malzieu

  1. Estou a ver que fiz bem em terminar a minha relação depois do “mecanica do coracao”… nada de segundas oportunidades…eheh… excelente texto como sempre.

  2. 😉
    só me apetece dizer LOL!
    mas pelo menos aquilo que te disse face à tradução, no que respeita ao cuidado com aquilo que o autor quer dizer, difere, certo?

    Sendo assim não comeces nenhuma relação com “As coisas que te caem dos olhos”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s