“Frankie e o Casamento” – Carson McCullers

frankieUma história peculiar, uma escrita sublime!

Carson McCullers surpreende-me sempre pela narrativa fluída e pela construção de um universo muito muito estranho.

Três personagens que passam o tempo a jogar às cartas, em longos almoços e a conversar sobre a obra de Deus e de como tornariam o mundo diferente, se assim o pudessem fazer. A personagem principal, a Frankie (que a meio do livro muda de identidade por sentir que a sua vida tem de tomar outro rumo, auto-intitulando-se F. Jasmine) tem somente 12 anos e, apesar da sua ingenuidade e da sua ainda rudez infantil, consegue apresentar um discurso e pensamentos muito mais profundos do que se podia esperar. Outro personagem é um rapaz de 6 anos, John Henry, primo de Frankie, que participa nas discussões e segue a rapariga para todo o lado. A personagem adulta é a cozinheira da família, Berenice, uma mulher muito negra, baixa e larga, com um olho de vidro azul brilhante, que vai confrontando Frankie nas suas ideias e planos.

Frankie é convidada para o casamento do irmão e, enfadada com a monotonia e o vazio em que vive, decide ir à boda e não voltar a casa. Imagina que, a viver no Alasca com o novo casal, terá uma nova existência muito mais empolgante. Parte pelas ruas a anunciar esta aventura, narrando o acontecimento futuro a desconhecidos… e acontecem várias coisas.

Vou deixar aqui alguns excertos para lerem, na esperança que queiram descobrir a obra desta fantástica escritora:

“Agora, hopping-john era de longe o prato favorito de F. Jasmine. Tinha-os sempre avisado para lhe acenarem com um prato de feijão com arroz em frente do nariz quando ela estivesse no caixão, para se certificarem de que não havia qualquer erro; pois se lhe restasse um sopro de vida, sentar-se-ia e comeria, mas se cheirasse o hopping-john e não se movesse, então podiam pregar a tampa do caixão e ficar certos de que estava mesmo morta. Agora, Berenice escolhera como teste-de-morte uma truta de água doce frita, e para John Henry o teste era pudim de nozes”.

“Quando começaram a segunda rodada daquele último almoço, já passava das cinco horas e o crepúsculo aproximava-se (…) Ajuizavam sobre a obra de Deus e mencionavam formas como eles próprios melhorariam o mundo (…) Mas o mundo de Deus Nosso Senhor Berenice Sadie Brown era um mundo diferente, era redondo, justo e razoável. Primeiro, não havia pessoas de cor separadas no mundo, mas todos os seres humanos seriam castanhos e teriam olhos azuis e cabelo negro. Não havia pessoas de cor, nem pessoas brancas para fazerem as pessoas de cor sentirem-se inferiores e tristes durante toda a vida”.

“O mundo da velha Frankie (…) Planeava o seu mundo de forma que as pessoas pudessem mudar instantaneamente de rapaz para rapariga e vice-versa, conforme lhes apetecesse e quisessem. Mas Berenice discutia com ela sobre isto, insistindo que a lei do sexo humano estava perfeitamente certa tal como estava, e não podia de modo algum ser aperfeiçoada. E depois John Henry West dava quase sempre a sua achega, e pensava que as pessoas deviam ser metade rapaz e metade rapariga, e quando a velha Frankie ameaçava levá-lo à Feira e vendê-lo ao Pavilhão das Aberrações, ele limitava-se a fechar os olhos e sorria”.

“E foi assim que começou a conversa esquisita, às seis menos um quarto da última tarde. Era a primeira vez que falavam de amor com F. Jasmine incluída na conversa, como pessoa que compreendia e que tinha opiniões válidas (…) a velha Frankie nunca admitira o amor”.

Anúncios

Um pensamento sobre ““Frankie e o Casamento” – Carson McCullers

  1. Fiquei curioso com o livro… Também gostei de “reflexos nuns olhos de oiro”. Obrigado, Ana 🙂 PS: se calhar sem razão nenhuma, esta escritora lembra-me a Flannery O’Connor (e vice-versa). E por acaso consta que esta não gostava daquela, ou melhor, da sua escrita.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s