“Os Livros do Final da Tua Vida” de Will Schwalbe – Opinião

É-me dificil falar deste livro. O que me vem, de repente, à cabeça, é que é um livro memorável. Intenso e tão profundo que me fez tanto sorrir como ficar embargada, com uma lágrima no olho. E verdadeiro também.

Uma homenagem que o autor faz à sua mãe, falecida com um cancro pancreático. Durante dois anos, aproximadamente, Mary Ann lutou contra o cancro, vivendo o mais intensamente que lhe foi possível, com projectos humanitários (ajuda aos refugiados) no topo da lista das suas prioridades. Sabendo que não teria cura, submeteu-se a vários tratamentos na esperança que os seus dias fossem prolongados sempre com o intuito de finalizar os projectos que tinha em mãos e de preparar os seus familiares para o fim que se avizinhava.

Mas este livro é muito mais do que um tributo de um filho à sua mãe. É um espalhar de como os livros e a leitura podem unir as pessoas, aproximá-las ainda mais em torno de uma conversa sobre eles, mas também, as pessoas, as crenças, os desejos, as vontades. O AMOR.

Mãe e filho formam um “clube de leitura” enquanto esperam pelas consultas no hospital, pelas sessões de quimioterapia. Falar sobre livros ajuda-os a falar na morte, na vida, no amor pelos livros e no amor que sentem um pelo outro. Partilham a paixão pelos livros, sugerem leituras e falam sobre eles. Mary Ann nao é muito efusiva nas suas manifestações de dor. O seu amor pela família, pelos amigos, por todos os que precisam de carinho monopolizam a sua atenção. Dedica-lhes o seu tempo, o seu último tempo de vida.

Com um vício algo estranho para mim, Mary Ann começava sempre um livro pelo fim, espreitando o seu final! Como a vida fez com ela: deu-lhe a conhecer, antecipadamente, o seu final próximo. O tempo que lhe restou aproveitou-o ao máximo. Um exemplo!

Aviso: peguem numa folha e num lápis. De certeza que quando acabarem esta leitura ela estará preenchida com livros que não vão querer deixar de lado…

Adorei!

Terminado em 18 de Dezembro de 2013

Estrelas: 6*

Sinopse

Forçados por uma trágica circunstância, Will Schwalbe e a mãe ficam longas horas em salas de espera de hospitais. Para passar o tempo, decidem falar dos livros que estão a ler. Através das suas leituras, percebemos o quanto os livros são reconfortantes, surpreendentes e maravilhosos.

 

Anúncios

4 pensamentos sobre ““Os Livros do Final da Tua Vida” de Will Schwalbe – Opinião

    • Muito ficou por dizer. É um livro que sem ser lamechas, nos conta como Mary Ann soube aproveitar a vida, e de como os livros fizeram aproximar (ainda mais) um filho de uma mãe. Como ele (autor/filho) diz, os livros foram o meio através dos quais ele soube dizer à mãe o quanto a amava e admirava e de como ele ficou a conhece-la ainda melhor, perguntando, perguntando, perguntando… tudo o que lhe passava pela cabeça. E através dos quais ele soube ouvi-la, sobretudo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s