Aberto toda a noite – David Trueba

abertotodaanoite“Aberto toda a noite” chegou até mim pelas palavras do Jorge, após ler alguns excertos fiquei logo interessada. Não conhecia o autor. Trueba escreve bem. Sem artifícios nem pudores daquelas palavras mais cruas, no tempo certo, sem exageros.

O narrador apresenta a família Belitre. É um retrato feito por um observador externo do dia-a-dia de uma família muito particular. Não são todas? Talvez, mas poucas como os Belitre. Uma família numerosa, os pais, seis filhos e o avô habitam a mesma casa. Personagens com rasgos de loucura inesperados, atitudes estranhas que variam entre a comédia e a tragédia, desde o impensável ao óbvio, tudo acontece aos Belitre.

Prevalece o divertimento pela forma como as situações são expostas, doenças mentais, traumas, traições e loucura são descritas e contextualizadas de forma que o absurdo é verosímil, e por vezes, raras vezes podemos acreditar que tais situações poderiam acontecer a qualquer um de nós. Desde o filho que assume o papel de pai e dorme com a mãe, ao psiquiatra que acampa no jardim, passando pela enfermeira por quem todos os homens da família se apaixonam, “Aberto toda a noite” é um livro sobre a família, que lembra que quando tudo o resto desaba nas nossas cabeças (mesmo que seja o teto), a família está lá para nós.

Brilhante e altamente recomendado!

Sinopse

“O primeiro romance de David Trueba convida-nos a entrar no lar dos Belitre, uma família tão numerosa quanto disparatada. Crónica de uma educação sentimental, as pessoas que habitam este livro apenas dão ouvidos à voz do seu coração. Numa sucessão irresistível de quadros da vida familiar, conhecemos Félix e Paula, um casal em crise, agastado pela rotina de criar seis filhos. Conhecemos Matías, um rapaz de doze anos que sofre de uma misteriosa doença mental. Conhecemos Abelardo, o avô, que no meio da demência senil se entrega de corpo e alma à poesia e à religião. Mas, ainda assim, falta conhecer muito, porque a família é muito mais do que as pessoas que a compõem.

Em Aberto toda a noite, Trueba pinta, com humor, ternura e magia, o fresco de uma família deliciosamente excêntrica, a que apetece pertencer.”

Alfaguara, 2012

Anúncios

6 pensamentos sobre “Aberto toda a noite – David Trueba

  1. Olá Márcia!
    Fico contente por teres gostado de “Aberto Toda a Noite” de David Trueba. Trata-se de um livro que apesar de te divertir com todas as aventuras da família belitre, no final também derramas a derradeira lágrima, precisamente quando termina e quando concluímos que afinal a família está lá e por muito problemática que seja, é esse o porto de abrigo que afinal está “Aberto Toda a Noite”.
    Este livro de David Trueba também passou a ocupar um lugar especial para mim sobretudo no que respeita a este tipo de temas que aborda.
    Votos de um bom dia e boas leituras!
    Jorge Navarro

  2. Gostei muito da clareza do teu texto. Não deve ser fácil descrever um livro que parece ter uma história muito invulgar. Fiquei curiosa…

    • Obrigada Renata. Um livro que vale muito a pena, O que escrevi está muito aquém do livro, tal o enredo (ou sucessão de enredos) e o número de personagens.

  3. Pingback: Saber Perder – David Trueba |

  4. Pingback: Quatro Amigos – David Trueba |

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s